www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Quarta-feira, 11 de Fevereiro de 2009

11 de Fevereiro - V semana do T.Comum - Ano B

LEITURA I                           Gen 2, 4b-9.15-17

 

 

«O Senhor Deus tomou o homem e colocou-o no jardim do Éden»

 

Quando o Senhor Deus fez a terra e o céu, ainda não havia na terra nenhuma planta dos campos, nem germinara ainda nenhuma erva da planície, porque o Senhor Deus não tinha feito chover sobre a terra, nem existia o homem para cultivar o solo. Entretanto, um manancial de água subia da terra e regava toda a superfície do solo. Então o Senhor Deus formou o homem do pó da terra, insuflou nele um sopro de vida e o homem tornou-se um ser vivo. O Senhor Deus plantou um jardim no Éden, a oriente, e nele colocou o homem que tinha formado. O Senhor Deus fez nascer da terra toda a espécie de árvores, de frutos agradáveis à vista e bons para comer, entre as quais a árvore da vida, no meio do jardim, e a árvore da ciência do bem e do mal. O Senhor Deus tomou o homem e colocou-o no jardim do Éden, para o cultivar e guardar. O Senhor Deus deu ao homem este mandamento: «Podes comer fruto de todas as árvores do jardim, mas não comerás da árvore da ciência do bem e do mal, porque, no dia em que dela comeres, terás de morrer».

 

Palavra do Senhor

 

 

 

EVANGELHO                                   Mc 7, 14-23

 


«O que sai do homem é que o torna impuro»


Naquele tempo, Jesus chamou de novo para junto de Si a multidão e disse-lhes: «Escutai-Me e procurai compreender. Não há nada fora do homem que ao entrar nele o possa tornar impuro. O que sai do homem é que o torna impuro. Se alguém tem ouvidos para ouvir, oiça». Quando Jesus, ao deixar a multidão, entrou em casa, os discípulos perguntaram-Lhe o sentido da parábola. Ele respondeu-lhes: «Vós também não entendestes? Não compreendeis que tudo o que de fora entra no homem não pode torná-lo impuro, porque não entra no coração, mas no ventre, e depois vai parar à fossa?». Assim, Jesus declarava puros todos os alimentos. E continuou: «O que sai do homem é que o torna impuro; porque do interior dos homens é que saem as más intenções: imoralidades, roubos, assassínios, adultérios, ambições, injustiças, fraudes, devassidão, inveja, difamação, orgulho, insensatez. Todos estes vícios saem do interior do homem e são eles que o tornam impuro».

 

Palavra da salvação

 

 

 

Homilia Diária

 

 

Temos vindo a acompanhar nestes dias, o relato da criação do mundo, que, não deve ser visto como um facto científico determinado, mas antes como uma explicação crente, da origem de todas coisas, em Deus e a sua finalidade: a felicidade do homem, e a glória de Deus.

Génesis foi escrito para responder ás questões mais profundas dos homens daquela época: quem criou tudo isso, e para quê? Bem como Qual a origem do mal?!

Amaneira crescendo do corpo textual, vemos hoje, na I Leitura, que o ápice da criação é o homem. O centro do texto é o homem. Como sabemos, existe na Escritura dois relatos da Criação: um sacerdotal, outro javista. Um realça a criação do universo enquanto dependente de Deus, inclusive o homem, outro da primazia do homem, na obra da criação, sobre todas as criaturas.

No Evangelho, percebemos, quase que em continuação do que ontem foi proclamado na Palavra, que o que determina a vida e acção do crente em caminhada, são os sentimentos que estão no seu coração.

Muitas vezes no nosso coração há todo o tipo de sentimentos mundanos, e poucos ou nenhuns cristãos, como a capacidade de perdoar a todos sem distinção, uma vez que o perdão é uma cura essencial, tanto para quem perdoa, como para quem é perdoado. E essa virtude cristã, só tem sentido e é eficaz se for acompanhada de amor fraterno, um amor que olha com os olhos de Deus, que age sob as inspirações do Espírito Santo, como quem conhece os caminhos da fé, e compreende que, se é fraco e vacila, o outro também o pode fazer, já que o barro que de somos feitos é assim mesmo, e ninguém se sinta vitorioso com as fraquezas dos outros, nem se entristeça com as alegrias e progresso do seu semelhante. O Senhor é que sabe para cada um, o que é melhor, e a que tempo… não nos precipitemos nem desesperemos.

Se os nossos olhos estiverem postos no coração e nos gestos de Jesus, será fácil percorrermos as suas pegadas também, mas se estivermos longe de Jesus, quão longe não estarão também os nossos passos.

Façamos um esforço interior, por colocar no nosso coração os sentimentos cristãos, para nos curarmos e curarmos quem nos rodeia.

 


* às 18:42

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!