www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Terça-feira, 23 de Dezembro de 2008

23 de Dezembro - Último dia do Advento - Ano B

 

LEITURA I                                       Mal 3, 1-4.23-24

 

 

«Vou enviar-vos o profeta Elias, antes de chegar o dia do Senhor»

 

 

Assim fala o Senhor Deus: «Vou enviar o meu mensageiro, para preparar o caminho diante de Mim. Imediatamente entrará no seu templo o Senhor a quem buscais, o Anjo da Aliança por quem suspirais. Ele aí vem – diz o Senhor do Universo. Mas quem poderá suportar o dia da sua vinda, quem resistirá quando Ele aparecer? Ele é como o fogo do fundidor e como a lixívia dos lavandeiros. Sentar-Se-á para fundir e purificar: purificará os filhos de Levi, como se purifica o ouro e a prata, e eles serão para o Senhor os que apresentam a oblação segundo a justiça. Então a oblação de Judá e de Jerusalém será agradável ao Senhor, como nos dias antigos, como nos anos de outrora. Eu vos enviarei o profeta Elias, antes de chegar o dia grande e terrível do Senhor. Ele reconduzirá o coração dos pais a seus filhos e o coração dos filhos a seus pais, para que Eu não venha ferir de maldição a terra».

Palavra do Senhor

 

 

EVANGELHO                                                            Lc 1, 57-66

 

O nascimento de João Baptista

 

 

Naquele tempo, chegou a altura de Isabel ser mãe e deu à luz um filho. Os seus vizinhos e parentes souberam que o Senhor lhe tinha feito tão grande benefício e congratularam-se com ela. Oito dias depois, vieram circuncidar o menino e queriam dar-lhe o nome do pai, Zacarias. Mas a mãe interveio e disse: «Não, ele vai chamar-se João». Disseram-lhe: «Não há ninguém da tua família que tenha esse nome». Perguntaram então ao pai, por meio de sinais, como queria que o menino se chamasse. O pai pediu uma tábua e escreveu: «O seu nome é João». Todos ficaram admirados. Imediatamente se lhe abriu a boca e se lhe soltou a língua e começou a falar, bendizendo a Deus. Todos os vizinhos se encheram de temor e por toda a região montanhosa da Judeia se divulgaram estes factos. Quantos os ouviam contar guardavam-nos em seu coração e diziam: «Quem virá a ser este menino?» Na verdade, a mão do Senhor estava com ele.


Palavra da salvação

 

I N T E R I O Z A R    A    P A L A V R A

 

A I leitura de hoje, bem parece uma profecia sobre Jesus e o seu nascimento. Mas não é, no tempo em que foi feita, mas pode-se interpretar no Kairos (tempo da salvação), com vista a Jesus Cristo.

O Profeta Malaquias, do qual sai a profecia da I Leitura, é o último do Antigo Testamento, ao qual sucederá Elias, o que irá preparar mais de perto, a chegada deste Messias.

No Evangelho, contemplamos o nascimento de João Baptista, que prepara no tempo imediato, a vinda de Jesus.

Se já fomos reparando, as leituras vão-se centrando no grande acontecimento que para breve acontecerá, e isso, porque a Igreja quer mostrar como Deus foi preparando ao longo dos tempos, a vinda do seu Filho, coo vemos pelos acontecimentos do Antigo Testamento, embora Aida em fase embrional.

A missão do Baptista e do Profeta do Antigo Testamento, era preparar a vinda da Palavra.

Esta é a grande missão que temos de ter nós também, nos dias de hoje. Anunciar a vinda deste Senhor, novamente, no nosso tempo – a 2ª vinda, em glória!

Não nos podemos esquecer desta promessa deixada por Jesus Cristo! Ele virá de novo. E, até que isso aconteça, a Igreja prepara e convida os seus filhinhos a prepararem, esta vinda, pela renovação do Natal e tudo o que ele implica na vida de um crente; a preparar e viver na vida, a Páscoa da Morte e Ressurreição do Senhor, até que tudo se cumpra na plenitude dos novos tempos. É preciso é não cruzarmos os braços, e lutarmos com todas as nossas forças, para fugirmos e resistirmos ás insídias do mundo, e mantermo-nos fiéis ás promessas de Jesus – do nosso Baptismo.

Anunciar Jesus Cristo, é anunciar com fidelidade àquilo que realmente, é d’Ele, e não o que nos parece ser dele, ou que mais agrada. Isso é deturpar a mensagem. Jesus é sempre o mesmo, ontem, hoje e sempre. Vem para mostrar o amor; viveu para mostrar a verdadeira liberdade; morreu para dar o exemplo.

Anunciar Jesus, é pois, ter os olhos fitos no próximo, o coração junto de Deus, propor caminhos novos e radicais, sem nunca impor nada! Jesus propõe-se, não se impõe.

Neste Advento que hoje termina, como fiz a minha caminhada? Como vou receber Jesus? Estou preparado…aceito o convite…estou trajado para este banquete…construi sobre a rocha firme?!

Espero que esta caminhada de Advento que hoje terminamos, tenha sido, de verdade, a TUA caminhada…o TEU ADVENTO!

 


* às 15:37

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!