www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Quinta-feira, 4 de Dezembro de 2008

04 de Dezembro - I Advento - Ano B

LEITURA I                                                             Is 26, 1-6

 

 

«Entrará um povo justo, que pratica a fidelidade»

 

Naquele dia, cantarão este hino na terra de Judá: «Nós temos uma cidade forte; muralhas e fortificações foram postas para nos proteger. Abri as portas para que entre um povo justo, um povo que pratica a fidelidade. O seu coração está firme: dar-lhe-eis a paz, porque em Vós tem confiança». Confiai sempre no Senhor, porque o Senhor é a nossa fortaleza eterna. Humilhou os habitantes das alturas, abateu a cidade inacessível, derrubou-a por terra, arrasou-a até ao solo. Ela é calcada aos pés, os pés dos infelizes, os passos dos pobres.

 

Palavra do Senhor

 

 

 

EVANGELHO                                                  Mt 7, 21.24-27

 

 

«Aquele que faz a vontade de meu Pai entrará no reino dos Céus»

 

Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Nem todo aquele que Me diz ‘Senhor, Senhor’ entrará no reino dos Céus, mas só aquele que faz a vontade de meu Pai que está nos Céus. Todo aquele que ouve as minhas palavras e as põe em prática é como o homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha. Caiu a chuva, vieram as torrentes e sopraram os ventos contra aquela casa; mas ela não caiu, porque estava fundada sobre a rocha. Mas todo aquele que ouve as minhas palavras e não as põe em prática é como o homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia. Caiu a chuva, vieram as torrentes e sopraram os ventos contra aquela casa; ela desmoronou-se e foi grande a sua ruína».

 

Palavra da salvação

 

 

 &        I N T E R I O Z A R    A    P A L A V R A

 

 

 

Se ontem o tema da nossa reflexão centrava-se na imagem do banquete, hoje centra-se na imagem da construção.

Ontem era feito o convite a um projecto novo! Qual?! O de hoje: convite para construirmos, neste Advento que pode ser o nosso, uma vida nova, com mais sentido, com mais conteúdo, com mais paz, mais firmeza, mais cristã!

Ontem percebemos que ninguém poderia entrar naquele banquete se não tivesse o convite e intimidade com o Noivo; hoje veremos que ninguém constrói bem, se antes não medir e calcular a sua construção.

Quer Isaías, quer o Evangelho, apelam para este sentido: o Senhor construi o seu Reino entre nós, e mediu-o bem: com a medida do amor, do serviço e da caridade - construiu-o na total confiança a Deus, seu Pai, e ainda hoje, depois de tantos ventos, de tantos “sismos”, de tantas chuvas, que ao longo dos tempos abateram-se sobre nós, esta casa (que é a Igreja) está de pé, porque os seus alicerces são bem firmes.

É um convite a olharmos para nós: como temos construído?! Em que fundamentos alicerçamos a nossa construção?!

Tenho vindo a empreender uma caminhada convosco neste Advento, porque gostaria que Deus se manifestasse na vida de cada um de vós, meu irmão, minha irmã, para que este Natal seja o teu Natal, para que a gruta deste Natal seja realmente o teu coração!

Parece-me que as nossas construções andam pouco ajustadas, pouco firmes em Jesus, e muito fundadas sobre o nosso umbigo. Aí, quando chegam as dificuldades da vida (chuvas, torrentes e ventos), a construção cai. Quando chegam os momentos de tristeza – doença, morte, sofrimento – a construção perde o seu sentido último, a sua razão de existir, não é?

Colocamos tudo em dúvida, até Deus…

Pois é, a ideia não é colocar Deus em “cheque”, ou, em causa, mas perceber esse fenómeno: é preciso que isso aconteça para que saibamos bem que as coisas deste mundo têm o valor que têm: nada! São passageiras.

Acredita que hoje, aos olhos do mundo, podes ter tudo, e se calhar á tua volta os outros nada têm: mas repara que também o que tens de agora a segundos ficas sem ele, e que tem Deus, continua rico, embora para o mundo pobre (I Leitura).

Este pode ser o teu Advento! Constrói sobre Jesus Cristo. Há muitos meios para o descobrires, para O conheceres, basta que queiras, basta que te abras a Ele. Ele não tira nada, pelo contrário, dá tudo!

Não venham os ventos, e perdes o sentido… vê a tua própria caminhada, e decide: ou por ti, ou por CRISTO!

 


* às 09:34

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!