www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Terça-feira, 4 de Março de 2008

4 de Março - IV Quaresma - IV Saltério - S.Casimiro (MF)

I Leitura (Ezequiel 47,1-9.12).

                     

Conduziu-me para a entrada do templo, e eis que saía água da sua parte subterrânea, em direcção ao oriente, porque o templo estava voltado para oriente. A água brotava da parte de baixo do lado direito do templo, a sul do altar.

Fez-me sair pelo pórtico setentrional e contornar o templo por fora, até ao pórtico exterior oriental; vi rebentar a água do lado direito.

O homem avançou para oriente com o cordel que tinha na mão, e mediu mil côvados; depois fez-me atravessar a água; ela chegava-me até aos tornozelos.

Mediu ainda mil côvados e fez-me atravessar a água; ela chegava-me aos joelhos. Mediu ainda mil côvados e fez-me atravessar a água; chegava-me aos quadris.

Mediu ainda mil côvados; era uma torrente que eu não conseguia atravessar, porque a água era tão profunda que era necessário nadar. Efectivamente, era uma torrente que não se podia atravessar.

E Ele disse-me: "Viste, filho de homem?" E levou-me até à beira da torrente.

Quando aí cheguei, eis que havia à beira da torrente grande quantidade de árvores, em cada uma das margens.

Ele disse-me: "Esta água corre para o território oriental, desce para a Arabá e dirige-se para o mar; quando chegar ao mar, as suas águas tornar-se-ão salubres.

 Por onde quer que a torrente passar, todo o ser vivo que se move viverá. O peixe será muito abundante, porque aonde quer que esta água chegar, tornar-se-á salubre; e a vida desenvolver-se-á por toda a parte aonde ela chegar.

Ao longo da torrente, nas suas margens, crescerá toda a sorte de árvores frutíferas, cuja folhagem não murchará e cujos frutos nunca cessam: produzirão todos os meses frutos novos, porque esta água vem do Santuário. Os frutos servirão de alimento e as folhas, de remédio."




Evangelho (João 5,1-3.5-16).

Depois disto, havia uma festa dos judeus e Jesus subiu a Jerusalém.

Em Jerusalém, junto à Porta das Ovelhas, há uma piscina, em hebraico chamada Betzatá. Tem cinco pórticos, e neles jaziam numerosos doentes, cegos, coxos e paralíticos.

Estava ali um homem que padecia da sua doença há trinta e oito anos.

Jesus, ao vê-lo prostrado e sabendo que já levava muito tempo assim, disse-lhe:« Queres ficar são?»

 

Respondeu-lhe o doente: «Senhor, não tenho ninguém que me meta na piscina quando se agita a água, pois, enquanto eu vou, algum outro desce antes de mim».

Disse-lhe Jesus: «Levanta-te, toma a tua enxerga e anda.»

E, no mesmo instante, aquele homem ficou curado, agarrou na enxerga e começou a andar. Ora, aquele dia era de sábado.

Por isso os judeus diziam ao que tinha sido curado: «É sábado e não te é permitido transportar a enxerga.»

 Ele respondeu-lhes: «Quem me curou é que me disse: 'Toma a tua enxerga e anda'.»

 Perguntaram-lhe, então: «Quem é esse homem que te disse: 'Toma a tua enxerga e anda'?»

Mas o que tinha sido curado não sabia quem era, porque Jesus se tinha afastado da multidão ali reunida.

Mais tarde, Jesus encontrou-o no templo e disse-lhe: «Vê lá: ficaste curado. Não peques mais, para que não te suceda coisa ainda pior.»

O homem foi-se embora e comunicou aos judeus que fora Jesus quem o tinha curado.

E foi por isto, por Jesus realizar tais coisas em dia de sábado, que os judeus começaram a persegui-lo.

 

 

 

                    A PALAVRA HOJE

 

O Sábado foi feito para o homem, e não o homem para o Sábado!

Jesus não se detém ao “fio da lei”. Como já vimos noutras passagens, Jesus vem completar a Lei, ou seja, vem dar-lhe humanidade, vem humanizá-la, torná-la ao serviço dos seus irmãos.

Hoje temos mais uma prova disso. Jesus aprecia o comportamento do paralítico, e ao mesmo tempo o texto precisa a omnisciência de Jesus, revelando a sua divindade, quando precisa: “Jesus, ao vê-lo prostrado e sabendo que já levava muito tempo (…)”.

No encontro com o paralítico no Templo, Jesus usa a mentalidade da época para chamar a atenção ao curado “não peques para que não te suceda pior”, é a chamada doutrina da retribuição, muito debatida no passado Domingo acerca da cura do cego.

Mostra isso a pedagogia de Deus para connosco. Nem sempre o nosso timing é o timing de Deus. É preciso, segundo Jesus, que tudo esteja preparado para… ou seja, que ao operar o milagre ou o sinal, haja a capacidade de acreditar e aderir, e também aqui podemos perceber isso, quando o homem, se hesitação responde aos fariseus dizendo: «Quem me curou é que me disse: 'Toma a tua enxerga e anda'.». É a confiança e o temor, n’Aquele que opera maravilhas.

Poderíamos nos interrogar acerca da nossa confiança na Palavra de Jesus sobre as decisões da nossa vida.

Ficamos á espera de Cireneus, ou caminhamos como pudemos, na esperança de que pelo caminho encontremos o Senhor, e Ele nos cure?!

* às 07:00

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!