www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Segunda-feira, 27 de Outubro de 2008

27 OUTUBRO XXX TEMPO COMUM - ANO A

LEITURA I                                                            Ef. 4, 32.5-8

 

 

«Caminhai na caridade, a exemplo de Cristo»

 

Irmãos: Sede bondosos e compassivos uns para com os outros e perdoai-vos mutuamente, como Deus também vos perdoou em Cristo. Sede imitadores de Deus, como filhos muito amados. Caminhai na caridade, a exemplo de Cristo, que nos amou e Se entregou por nós, oferecendo-Se como vítima agradável a Deus. A imoralidade e qualquer impureza ou avareza, nem sequer sejam mencionadas entre vós, como é próprio de cristãos. Nada também de palavras indecentes, estultas ou maliciosas, que são coisas inconvenientes. Em vez disso, dai acções de graças. Porque, como sabeis, nenhum imoral, impudico ou avarento – que é uma idolatria – terá parte na herança do reino de Cristo e de Deus. Ninguém vos iluda com vãos raciocínios: é por causa dessas desordens que a ira de Deus atinge os rebeldes. Portanto, não sejais seus cúmplices. Outrora vós éreis trevas, mas agora sois luz no Senhor. Procedei como filhos da luz.

 

Palavra do Senhor



EVANGELHO                                                            Lc. 13, 10-17

 

«Esta filha de Abraão não devia libertar-se

desse jugo no dia de sábado?»

 

Naquele tempo, estava Jesus a ensinar ao sábado numa sinagoga. Apareceu lá uma mulher com um espírito que a tornava enferma havia dezoito anos; andava curvada e não podia de modo algum endireitar-se. Ao vê-la, Jesus chamou-a e disse-lhe: «Mulher, estás livre da tua enfermidade»; e impôs-lhe as mãos. Ela endireitou-se logo e começou a dar glória a Deus. Mas o chefe da sinagoga, indignado por Jesus ter feito uma cura ao sábado, tomou a palavra e disse à multidão: «Há seis dias para trabalhar. Portanto, vinde curar-vos nesses dias e não no dia de sábado». O Senhor respondeu: «Hipócritas! Não solta cada um de vós do estábulo o seu boi ou o seu jumento ao sábado, para o levar a beber? E esta mulher, filha de Abraão, que Satanás prendeu há dezóito anos, não devia libertar-se desse jugo no dia de sábado?». Enquanto Jesus assim falava, todos os seus adversários ficaram envergonhados e a multidão alegrava-se com todas as maravilhas que Ele realizava.

 

Palavra da salvação

 

 

&  V I V E R   DA    P A L A V R A

 

A 1ª Leitura, de Paulo, que vamos ler nestes dias que se seguem, é daquelas que os entendidos classificam como morais, isto é, são escritas com indicações práticas, para a sã convivência dos santos, na comunidade cristãos.

Parece uma leitura bastante rica, bonita, como alguns de nós diríamos, mas de difícil aplicação.

Paulo pede-nos bondade e compassividade. E nós, será que aceitamos os conselhos do Apóstolos, para vivermos mais unidos e fortalecidos como irmãos?

Nem sempre é fácil por em prática as palavras da Escritura, mas, Jesus prometeu-nos caminhos de felicidade e não de facilidade!

No Evangelho, uma vez mais Jesus demonstra que a grandeza da lei, está na capacidade de servir o amor.

Quando a uma lei lhe falta a humanidade, o amor, o melhor é alterá-la, senão poderá gerar pessoas frias e revoltadas.

Jesus nesta passagem é isso mesmo que faz! Reparemos que a mulher não Lhe pede nada. Ela aceita também aquele mal, e ainda assim vai á presença da sinagoga prestar o seu culto. Jesus vê-a e cura-a. Para além de mostrar que as pessoas estão acima das leis. É sábado, e porque não curar? Não é um dia feito também pelo Senhor? Não é Jesus maior que a Lei?! Ou ainda, não é Ele a própria Lei?!

Fica-nos a lição: muitas vezes a vida não nos corre como gostávamos; outras tantas não recebemos o que pedimos; outras ainda, não entendendo a pedagogia de Deus e acolhendo com amor, nos afastamos de Deus, da Igreja e dos irmãos, por fragilidade nossa.

Deus não é um “milagreiro” que está constantemente a justificar e a resolver as situações que cabe aos homens, com a inteligência e a soberania livre que deu aos homens, para solucionar estes problemas.

Sejamos sinceros connosco mesmos, e voltemos ao nosso rebanho!

 

 

 

²  INTERIORIZAR  A  P A L A V R A   ²

 


 

* às 10:15

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!