www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

02 de Junho - IX T.Comum - Ano A

1ª LEITURA

2ªPedro 1,2-7

 

 

A graça e paz vos sejam concedidas em abundância por meio do conhecimento de Deus e de Jesus, Senhor nosso.

O divino poder, ao dar-nos a conhecer aquele que nos chamou pela sua glória e pelo seu poder, concedeu-nos todas as coisas que contribuem para a vida e a piedade.

Com elas, teve a bondade de nos dar também os mais preciosos e sublimes bens prometidos, a fim de que – por meio deles – vos torneis participantes da natureza divina, depois de vos livrardes da corrupção que a concupiscência gerou no mundo.

Por este motivo é que, da vossa parte, deveis pôr todo o empenho em juntar à vossa fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento a temperança; à temperança a paciência; à paciência a piedade; à piedade o amor aos irmãos; e ao amor aos irmãos a caridade.




Evangelho

Marcos 12,1-12



Jesus começou a falar-lhes em parábolas: «Um homem plantou uma vinha, cercou-a com uma sebe, cavou nela um lagar e construiu uma torre. Depois, arrendou-a a uns vinhateiros e partiu para longe.

A seu tempo enviou aos vinhateiros um servo, para receber deles parte do fruto da vinha.

Eles, porém, prenderam-no, bateram-lhe e mandaram-no embora de mãos vazias.

Enviou-lhes, novamente, outro servo. Também a este partiram a cabeça e cobriram de vexames.

Enviou outro, e a este mataram-no; mandou ainda muitos outros, e bateram nuns e mataram outros.

Já só lhe restava um filho muito amado. Enviou-o por último, pensando: 'Hão-de respeitar o meu filho’.

Mas aqueles vinhateiros disseram uns aos outros: 'Este é o herdeiro. Vamos matá-lo e a herança será nossa’.

Apoderaram-se dele, mataram-no e lançaram-no fora da vinha.

Que fará o dono da vinha? Regressará e exterminará os vinhateiros e entregará a vinha a outros.

Não lestes esta passagem da Escritura: A pedra que os construtores rejeitaram tornou-se pedra angular.

Tudo isto é obra do Senhor e é admirável aos nossos olhos?»

Eles procuravam prendê-lo, mas temiam a multidão; tinham percebido bem que a parábola era para eles. E deixando-o, retiraram-se.

 

 

 

A PALAVRA HOJE

 

 

Deus Pai criou-nos para o amor!

O amor é a fonte e a meta de todas as obras dos cristãos, seguidores do Seu Filho Jesus Cristo. Na Igreja, o amor manifesta-se no serviço ao Reino, e, por sua vez, no amor e no serviço caridoso aos irmãos todos, sem excepção.

Ora, sabemos que humanamente, muitas vezes este serviço é difícil, pode provocar sofrimento, mas certamente provoca imensas alegrias, e traz muita consolação.

Pedro, na 1ª Leitura, faz-nos perceber a nossa condição de baptizados: constituímos a nova nação resgatada pelo Sangue de Jesus, e participamos da grandeza divina, de forma muito especial quando celebramos os Sacramentos, que são sinais eficazes da graça de Deus ( a vida de Deus em nós), nas nossas vidas, sejam quais forem as suas circunstâncias de realização.

Os Sacramentos trazem da Trindade a força e os bens espirituais eficazes e necessários a cada etapa do nosso caminho tanto espiritual, como humano.

Esses Sacramentos operam em nós a vida nova, dos irmãos unidos, a ajudam na edificação da unidade do Corpo místico de Cristo, que é a Igreja, e tem o seu Senhor á cabeça.

Para que essa verdade de unidade possa acontecer, Pedro faz a relação entre os dons que o Senhor nos concede:” deveis pôr todo o empenho em juntar à vossa fé a virtude; à virtude o conhecimento; ao conhecimento a temperança; à temperança a paciência; à paciência a piedade; à piedade o amor aos irmãos; e ao amor aos irmãos a caridade.”

Da relação entre as virtudes cristãs, e o comportamento humano, brotará sementes de vida nova, sementes de unidade e de serviço.

Jesus na parábola apresentada no Evangelho, faz alusão á sua chegada ao mundo, e ás armadilhas que os seus opositores lhe construiriam – e eles bem perceberam isso.

A pergunta central para nós, seria: Como acolhemos Jesus Cristo, Filho de Deus, e a sua Mensagem?!

E, naturalmente, quem fala de Jesus, falará hoje daqueles que são seus ministros, pela Ordem – Presbíteros e Bispos – que continuam no tempo e no espaço o anuncio desta Boa Nova.

São homens, com uma natureza também ela fraca, como a de qualquer humanao. Contudo, auxiliados de forma especial pelo Espírito Santo, através da Sagrada Ordenação, agem de forma mais unida com o Mestre. Podem falhar, naturalmente! E quando acontece falharem, como nos mantemos unidos com eles, no serviço ao Reino e na unidade da Igreja?!

É preciso que esta unidade se verifique e se deseje sempre e acima de tudo, mesmo que possa haver erros ou falhas. Pela Oração os irmãos colaborarão na melhor construção deste Reino.

 

 

 

PODCAST

ESCUTE O EVANGELHO DE HOJE

Com l. silva

 

* às 09:00

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!