www.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.wswww.bigoo.ws




DIA 24 DEZEMBRO PELAS 21H LOCAIS (1h a mais no Continente português e Madeira), MISSA DO GALO, EM DIRECTO DA IGREJA DO MONTE, NA CANDELÁRIA DO PICO. ACOMPANHE-NOS EM www.montetabor.blogs.sapo.pt
Sexta-feira, 23 de Maio de 2008

23 de Maio - VII T.Comum - Sol.Be.João Baptista Machado (Diocese de Angra-Açores)

(Be.João Baptista Machado)

 

1ª LEITURA

Carta de S. Tiago 5,9-12



Não vos queixeis uns dos outros, irmãos, para não serdes julgados.

Olhai que o Juiz já está à porta.

Irmãos, tomai como modelos de sacrifício e de paciência os profetas, que falaram em nome do Senhor.

Vede como nós proclamamos bem-aventurados aqueles que sofreram com paciência; ouvistes falar da paciência de Job e vistes o resultado que o Senhor lhe concedeu; porque o Senhor é cheio de misericórdia e compassivo.

Mas, sobretudo, meus irmãos, não jureis, nem pelo Céu, nem pela Terra, nem façais qualquer outro juramento. Que o vosso «sim» seja sim e que o vosso “não” seja não, para não incorrerdes em condenação.





Evangelho

S. Marcos 10,1-12.



Saindo dali, foi para a região da Judeia, para além do Jordão. As multidões agruparam-se outra vez à volta dele, e outra vez as ensinava, como era seu costume.

Aproximaram-se uns fariseus e perguntaram-lhe, para o experimentar, se era lícito ao marido divorciar-se da mulher.

Ele respondeu-lhes: «Que vos ordenou Moisés?»

Disseram: «Moisés mandou escrever um documento de repúdio e divorciar-se dela.»

Jesus retorquiu: «Devido à dureza do vosso coração é que ele vos deixou esse preceito.

Mas, desde o princípio da criação, Deus fê-los homem e mulher.

Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe para se unir à sua mulher, e serão os dois um só. Portanto, já não são dois, mas um só.

Pois bem, o que Deus uniu não o separe o homem.»

De regresso a casa, de novo os discípulos o interrogaram acerca disto.

Jesus disse: «Quem se divorciar da sua mulher e casar com outra, comete adultério contra a primeira.

E se a mulher se divorciar do seu marido e casar com outro, comete adultério.»

 

 

A PALAVRA HOJE

 

A Palavra de Deus viva e eficaz, pode fazer maravilhas (e faz mesmo), nas nossas vidas.

Ontem celebrávamos a Solenidade do Santíssimo Corpo e Sangue de Jesus Cristo, hoje celebramos aqui na Diocese, o nosso mártir, Beato João Baptista Machado (ver biografia dele em nosso site: www.fomedapalavra.blogs.sapo.pt).

A 1ª Leitura, S.Tiago pede-nos confiança total em Deus, sem cair no medo de, para se parecer bem ou melhor que os outros, jurar por coisas mais altas e santas.

A paciência é uma virtude excelente, que hoje está na lama. Com a imediatez do mundo hodierno, torna-se necessário o gozo pela espera. Um coração sábio sabe esperar em Deus.

O Evangelho é uma “faca de dois gumes” que hoje abre caminho a muita gente.

A lei natural está estabelecida desde o começo da criação: Que sejam um só. Mas, já no tempo de Cristo que a mente e o coração do homem, obstinado pela desordem decorrente do pecado e da sua fraqueza, queriam derrubar este princípio querido e criado pelo próprio Deus.

O Matrimónio precisa ser valorizado com urgência. As famílias precisam crescer e amadurecer esta pérola que o Senhor lhes confia. E essa é uma missão minha, tua, de toda a comunidade cristã e social. As leis civis que permitem cada vez mais a superficialidade do Matrimónio, não têm que ver com a nossa conduta ética e cristã.

Quem disse “sim” no casamento, dí-lo para sempre. Não há amor verdadeiro que não resista seja ao que for, nem amor que hoje ama e amanhã só gosta.

Temos de nos esforçar por manter a coerência de escolhas e saber defender os valores preciosos, como este.

Se o número de divórcios aumentam de dia para dia, a culpa é nossa, porque se não valorizamos a família – não dando atenção aos filhos, á unidade familiar, etc. – depois o matrimónio, que se realiza para a constituição de família, perde por consequência a sua fundamentação e valor verdadeiros.

Peçamos a Nossa Senhora, Rainha das famílias, que nos ensine a construir a nossa família, e a fundamentar os nossos matrimónios, á semelhança da de Nazaré.

 

* às 11:08

Copyright © 2007 XtoPalavra / Todos os direitos reservados

DIOCESE DE ANGRA

Portugal - Açores

 



+Liturgia desta semana

+ Fidelidade ao Evangelho -...

+ A pessoa é o mais importa...

+ SOLENIDADE DE TODOS OS SA...

+ SOLENIDADE DO SANTÍSSIMO ...

+ SANTÍSSIMA TRINDADE - ANO...

+ O MESSIAS - 6ª feira IX T...

   

Facebook   MySpace     Twitter

 

     

You Tube   Newsletter     CEP

 

    

    Hi5      Messenger   Picassa

 

         

  Ajuda          RSS      Rádio XTO



<p style="text-align: center"><img style="border-left-color: black; border-bottom-color: black; width: 127px; border-top-color: black; height: 52px; border-right-color: black" height="58" width="159" border="0" alt="" src="http://fotos.sapo.pt:80/30u74ZmEU3rEKLHpw4Gu/s320x240" /></p>

3D Imenu in blue Preview





Recebemos este

presente, recomendado

por Ecclesia Dei.

Obrigado João,

Deus lhe abençõe!